A Quiche-iche-iche que quase não foi

Que eu sou desatenta não é nenhuma novidade. Mas o que eu fiz com essa quiche, realmente, merece um prêmio. Eu consegui errar a massa duas vezes. DUAS! E ambas por falta de atenção (a gente acha que depois de jogar a primeira massa fora, vai prestar mais atenção na segunda, né... uma ova!).

Tá, eu sei que vocês vão todas rir da minha cara... mas é pra isso que a gente está aqui. Afinal de contas, são aventuras culinárias, não são?

A idéia original era reproduzir (máomeno, né) a receita da Quiche Lorraine Magrinha, da Laila. Com algumas alterações, é claro. Eu não sou muito das coisas light - quer dizer, das coisas artificialmente light. Comidinhas natureba, sim, claro, mas creme de leite light, queijo light... essas coisas prefiro usar na versão normal, mesmo. Eu pretendia, mesmo, era usar a receita substituindo os ingredientes light por normais e usar os meus tomatinhos assados. E então começou a aventura.

A receita separa os ingredientes em duas seções: Recheio e Massa. E você acha que a doida aqui deu atenção a esse mínimo detalhe? É claro que não! Portanto, quando o preparo indica que se processe o arroz cozido com o queijo (parmesão, é claro), a louca aqui colocou o mussarela. Depois de processar os ingredientes da (suposta) massa, a doida percebeu que algo estava errado e foi rever os ingredientes. "Não acredito!!". Massa para o lixo.

Na hora de fazer a segunda tentativa da massa... não sobrou arroz suficiente.

AIMEUDEUSDOCÉU! Eu é que não vou fazer arroz de novo!! Então... ok, completamos com farinha de trigo integral. Tudo bem, tudo bem. Continuamos... é o arroz, o queijo (parmesão, dessa vez), o ovo e o amido. Uma olhadinha rápida nos ingredientes... e a retardada aqui não me faz a mesma coisa? Coloquei o amido do recheio, ou seja, uma colher de chá ao invés de duas de sopa. [Aplausos, aplausos. Obrigada.]. Isso eu acabei percebendo na hora de fazer o recheio, é claro. Mas daí eu realmente não ia fazer outra massa. Então pensei: "Ah, já coloquei farinha na massa, acho que o amido seria menos, mesmo. Fica assim, não quero nem saber."

Ficou com uma consistência péssima, juntei mais um ovo e processei de novo... hehehe... consegui espalhar na travessa cuidadosamente com uma colher.

Daí não sabia se assava a tal da massa antes de colocar o recheio, afinal de contas tinha farinha não prevista na massa. Acabei assando por 5 minutos e depois desisti. O_o

Ok, essa foi a odisséia da massa, só por diversão. Mas vamos à receita direitinho.

Coloquei um pouco de margarina em uma frigideira, juntei uma xícara de cebolas em fatias finas e refoguei em fogo baixo até amolecer (a receita pede xerez mas não usei, se precisar junte um pouquinho de água). Deixei esfriar e enquanto isso fiz a massa. Os ingredientes corretos são: 2 xícaras de arroz integral cozido ( a Laila não usou sal nenhum, eu usei uma colher de chá rasa), 2 colheres de sopa de parmesão ralado, 1 ovo e 2 colheres de sopa de amido.

Para fazer o recheio, bati 2 caixinhas de creme de leite com 3 ovos e então incorporei 1 1/4 xíc. de queijo mussarela ralado grosso, 1 colher de chá de amido de milho, uma pitada de noz moscada, uma pitada de sal (a receita não pede), a cebola cozida e cerca de metade dos tomates assados que fiz. Medi no olho mesmo, coloquei o quanto achei que ficaria bom.

Coloquei sobre a massa, encheu até a borda. Mais um pouco vazava (fiquei com medo de crescer e vazar, até).

Coloquei no forno pré-aquecido em temperatura média-baixa (meu forno não diz os graus) por cerca de 40 minutos. Quando uma faca saiu limpa (não seca) do centro, estava pronto.

Enquanto assava, o recheio cresceu, mas só para cima hehe. Depois que desliguei o forno ele voltou ao tamanho anterior.

Tirei do forno, esperei esfriar, fotografei e provei.

Surpreendentemente, a quiche prestou. O recheio ficou uma delícia (tá certo que não foi ele que fiz errado hehe), e a massa... well, já era esperado. Mas não chegou a atrapalhar o resultado! hihi

Comentários

Laurinha disse…
Que ficou com uma cara boa, ah, ficou!!

Acidentes acontecem mesmo...:DD

Beijinhos
lunalestrie disse…
Mesmo assim ficou com uma ótima aparência! Essas coisas acontecem com todo mundo, não se preocupe, rs.
Já estão abertas as votações para o desafio Finger Foods do Mirepoix. O prazo e´até o dia 27/11

http://chefdeboracordeiro.blogspot.com/2008/11/votao-aberta-finger-foods.html

Abraços,
Debora Cordeiro
Eliana Scaramal disse…
Que pecado, eu estou chegando para pegar meu pedaçinho!! Delícia!

Ah vou fazer o seu tomatinho assado no sábado, naõ vejo a hora. :)

www.saboresdalica.blogspot.com
laila disse…
Ba do céu...me deu medo de pensar em tantos desastres numa masa só..coitada! a proxima evz q for faze-la vou rezar bastante antes!ahhaha

mas sua quiche ficou linda! bjs
Ba disse…
Laurinha e Luna,
Não foi só a cara que ficou boa! rsrs
Vou fazer de novo, com certeza!

Debora,
Vou dar uma passada lá!

Lica,
Ele está aqui te esperando! rs
Depois me diga como os tomatinhos ficaram!

Laila,
A culpa foi da desligada aqui mesmo... rsrs... eu não tenho jeito!
Depois dessa eu estou tentando tomar mais cuidado.. hehe

Beijos, queridas!!

Postagens mais visitadas deste blog

Uma fruta linda, estranha e sem gosto

Arroz integral com ervilhas

Empanadas integrais de ricota com espinafre