Refogadinho de cebola e pimentões

Eu adoro meus almoços de improviso, aquela olhada rapidinha na geladeira que diz "Ok, preciso usar tudo isso aqui senão vai fora".

Eu já andava com uns brócolis cozidos na geladeira há quase uma semana. Os pimentões eram novos, eu sei, mas se eu não começo a usar logo sempre tem um pedaço que não dá tempo de comer. E cebola, well, eu adoro cebola.

Refoguei em uma panela com óleo uma cebola média cortada em oitavos. Primeiro no fogo médio-alto, pra dar uma queimadinha mesmo, e depois em fogo baixo, pra cozinhar, mexendo de vez em quando. Quando ela já estava douradinha acrescentei os pimentões: cerca de 1/3 de cada (um vermelho e um amarelo). Continuei mexendo de vez em quando e quando os pimentões já estavam meio refogadinhos também acrescentei os floretes de brócolis. Eram uns 4 grandes, que cortei antes de acrescentar.

Aqui entra uma observação importante: Tanto a cebola quanto os pimentões podem ficar muito, mas muito tempo cozinhando. Demora a queimar se o fogo for baixo, e eles caramelizam antes. É nesse ponto que eles ficam docinhos - e é assim que eu adoro! Então, depois que coloquei os floretes de brócolis, eu podia refogar o quanto quisesse, pois certamente a cebola e os pimentões não iriam queimar antes deles. Ou seja: meu termômetro foi, sim, o brócolis. Quando achei que ele já estava pronto, salguei, mexi mais um pouco e tirei do fogo.

Virei da panela direto no meu prato e ataquei. Só lá pela metade da refeição é que lembrei de tirar a foto, por isso perdoem a leve falta de ingredientes no prato... hehe

Comentários

Laurinha disse…
Taí um papazinho delicioso! Do jeitinho que eu gosto!

Beijinhos
Ba disse…
Laurinha, adoro também!
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Uma fruta linda, estranha e sem gosto

Arroz integral com ervilhas

Empanadas integrais de ricota com espinafre